Bully RPG
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Tate's Room

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Tate Langdon
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 325
Dollars : 107
Data de inscrição : 20/09/2014
Localização : "Procure"

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sex Out 03, 2014 11:38 pm

Foi a vez dele de ficar paralisado. Ele realmente não estava botando fé que ela o fosse mesmo ajudar... mas ao menos conversar... depois de tudo, depois da primeira morte, depois das descobertas, achou que ela iria ser movida à curiosidade... mas pelo visto o medo de Arya White tomara conta dela. Medo que Tate estava acostumado a ver nos olhos das pessoas que o encaravam.

- ACHEI QUE TIVESSE PENA, E NÃO MEDO!!- ele gritou quando ela saiu do Hall, tão alto que ela poderia ouvir lá fora...

E foi rápido quando deixou rastro de sangue pelo Hall. Ele saiu dali sem tirar o cadáver com a garganta cortada, deixando que o sangue se espalhasse cada vez mais. Ele apenas voltou a subir as escadas, sabendo que seria inútil tentar disfarçar aquilo sozinho... mas em relação à menina que ele mal sabia o nome, ela ainda devia estar lá. Ela não tinha motivos pra sair suja de sangue daquela situação, se tudo o que fez foi tentar colocar fogo em sua mãe... ele tinha muito o que agradecer à ela, então. E, se alguém tinha que ajudar uma inútil e encrenqueira... que fosse ele.

Quando Tate abriu a porta, ele sentiu que a madeira chocou-se contra algo. Não flexionou mais e passou com calma pela fresta que lhe fora permitida, voltando a fechar a porta e só então percebendo que esbarrara num dos braços da menina que estava ao chão, maltratada como um de seus bonecos na infância. Trancando a porta com um "click" alto, ele permaneceu alguns poucos segundos apenas a olhando, e depois abaixou-se diante dela, tocando seu cabelo escuro, e logo depois verificando o ferimento em sua perna... era profundo, e a bala ainda estava ali dentro, deixando tudo inchado, doído e queimado.

"Maldita seja ela e sua pontaria. Como se já não bastasse ferir meu pai..."
- foi o que ele pensou, olhando para o isqueiro que ainda permanecia em uma das mãos dela. Perguntava-se se ela iria atacá-lo... mas ele não disse nada. Apenas iria segurá-la, e levá-la para cima da cama.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 12:27 am

-Ai... seu filho duma puta, olhe por onde anda!
+Ela não viu quem a acertara, mas ainda guardara o suficiente da sua má educação e raiva para xingar a pessoa... até reparar em quem era. Mais que rapidamente, se calou, olhando-o desconfiadamente, e fazendo seu isqueiro acender... não por muito tempo... a chama bruxuleou e sumiu.+
-Droga...
Eu tenho que parar de ameaçar as pessoas com isso...
+Entreabriu os lábios, mas a dor que sentia impedia que pensasse.+
-Olha... se for me matar, mate rápido...
+Estava tão cansada... aquela puta dos infernos iria pagar muito caro por aquele ferimento. Fechou os olhos e esperou... e foi surpreendida pelo que veio após, quando ele pegou-a do chão e colocou-a na cama.+
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tate Langdon
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 325
Dollars : 107
Data de inscrição : 20/09/2014
Localização : "Procure"

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 12:44 am

- Não vou matar você.- ele disse de uma forma quase calma.- Não vou machucar você.

Depois de deitá-la na cama, Tate passou as mãos cheias de sangue - não dela, nem seu, mas de suas vítimas - em sua blusa, afim de limpá-las ao menos possível. Seu rosto e cabelo ainda estavam manchados de vermelho, mas ele não daria atenção aquilo naquela hora. Sabia que em breve seria limpo... e enfeitado com novas cores e dores.
Ele parecia um pouco abalado, apesar de ele mesmo ter criado toda aquela situação...
Talvez fosse pela visita de sua mãe.
Talvez fosse pela ida de Arya. E pela descoberta que ela fizera. E pelo tempo com ela.
Talvez fosse por estar ajudando uma desconhecida que sabia-se lá se encaixava-se no padrão que ele odiava em escolas...
Ou então, por aquilo tudo.
Sabe-se lá de onde, ele retirou uma tesoura com ponta afiada... e segurou-a diante de Melissa.

- Não vou matar você a menos que queira. Você quer?- ele perguntou num tom neutro e distante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 1:20 am

-Certo. Vou acreditar nisso...
+Afinal, se quisesse ele já teria feito tal coisa, certo? Ao ser ameaçada com a tesoura, no entanto, ela apenas fechou os olhos e deitou a cabeça no travesseiro, suspirando profundamente.+
-Uma pessoa como eu não faz diferença alguma no mundo... então faça como quiser.
+De fato, com a dor que estava sentindo, seu cerebro se recusava a pensar numa resposta lógica, quem dirá inteligente.+
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tate Langdon
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 325
Dollars : 107
Data de inscrição : 20/09/2014
Localização : "Procure"

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 1:34 am

Depois da resposta que recebera, ele a olhou como se analisasse a capa de um livro... em seguida se levantou, foi até sua gaveta, trouxe um pacote plástico e transparente, bem pequeno, aliás, com um pó branco dentro...
E sentou-se na cama para que ficasse perto do rosto dela.

- Isso vai doer muito. Mais do que já está doendo... se quiser amenizar alguma coisa... cheire.- ele entregou o pacote à ela. A seguir, retirou do bolso um pequeno cano, como se fosse uma espécie de filtro, e entregou à ela também...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 2:04 am

+Voltou a abrir os olhos e focou-o, de cima a baixo, observando o pacotinho com desdém. Negou com a cabeça, balançando levemente a perna e puxando o travesseiro para o colo.+
-Eu fumo, eu bebo, mas não, definitivamente isso eu não faço.
+Colocou ambos, o pacote e o cano, na mesa de cabeceira e inclinou a cabeça.+
-Ande logo... eu aguento a dor...
+De fato... outrora Lukas colocara o braço dela no lugar na marra.+
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tate Langdon
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 325
Dollars : 107
Data de inscrição : 20/09/2014
Localização : "Procure"

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 2:17 am

Ele a olhou de uma forma distante. Ela estava tão indefesa. Poderia matá-la se quisesse. Poderia molestá-la - e sim, passara pela cabeça do jovem Tate fazer isso -, mas, mesmo com todas as circunstâncias, ela ainda queria se fazer de durona... e não ceder.
Talvez ele tenha admirado isso, pois abrira um sorriso de canto sangrento, já que seu rosto ainda estava manchado, e voltou para o lugar de antes. Foi rápido quando fincou a tesoura na perna dela, bem no ferimento, e buscou passar a porta pelas bordas inchadas do furo, para que ficasse numa posição boa para que pudesse retirar a bala...
O sangue praticamente jorrou da perna dela, e o local já magoado latejaria, dormente de dor... e seria sorte se ela não desmaiasse...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 10:20 pm

+Ela encarou aquele sorriso e voltou a fechar os olhos, afundando a cabeça no travesseiro. Quando sentiu a tesoura adentrar o ferimento, foi impossível conter o grito melancólico que escapou de seus lábios. Aquilo doía muito mais do que quando Lu colocara seu braço no lugar... aliás doía o suficiente para uma vida inteira. Podia sentir os tecidos rompendo, e o sangue percorrer a batata da perna até o dedo do pé, provavelmente pingando no chão... forçou-se a não se debater muito, mas aquela agonia fazia-a morder o travesseiro com vontade, como se isso fosse fazer sua dor sumir.
Claro que isso não aconteceu... e em parte pelo trauma, em parte pela hemorragia, finalmente ela perdeu os sentidos.+
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tate Langdon
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 325
Dollars : 107
Data de inscrição : 20/09/2014
Localização : "Procure"

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Sab Out 04, 2014 10:59 pm

Ele cuidou do ferimento dela, sentindo-se mais aliviado depois que esta tinha desmaiado, pois ela não poderia ais mexer a perna com os reflexos da dor, e assim ele poderia fazê-lo mais rápido e preciso. Rápido o suficiente, antes que fosse levado...
Ele colocara algodões para conter a hemorragia, limpara o ferimento com álcool, deixara assim por um pedaço até que o algodão absorvesse o sangue. Enquanto isso ele cheirou a cocaína, duas carreiras antes de continuar com o procedimento. Foi simplesmente costurar e enfaixar a perna dela, depois colocar algumas gases por cima e estava pronto. Óbvio que a garota não poderia mexer aquilo e teria de usar muletas durante algum tempo. Mas ele não estava se importando com isso. Estava terminada sua parte.
Ele se levantou, visou os cadáveres e a menina desmaiada. Pensou em estapeá-la para que acordasse. Pensou em molestá-la, na verdade. O lugar que ele iria parar - e tinha consciência disso, pois as palavras de sua mãe ecoava em sua cabeça - não ia dar muita liberdade para que ele tivesse seus momentos de prazer próprio, mesmo que sozinho. Tudo bem.
Ele preferiu se drogar mais um pouco, e escondeu a cocaína - ou o que restara dela - na gaveta do guarda roupa, mais precisamente debaixo de suas cuecas. Foi rápido quando suas mãos começaram a tremer, seu coração a palpitar, seus olhos a arderem e ficarem vermelhos, e a garganta começar a aquecer e coçar. Estava anestesiado. Mal sentia a ponta dos dedos. Ele fungava bastante, pois aspirara muito do pó.
Tate não soube dizer se a gritaria que começou quando a porta se abriu foi capaz de acordar Melissa. Ele estava se balançando calmamente numa cadeira branca, com um sorriso de canto sem motivo, quando homens fardados e chapéus com estrelas o pegaram. Alguns deles seguram armas, apontando direto para sua cabeça. Ele poderia ter se defendido. Ele poderia ter pego a pistola que tinha guardada no espaço atrás das gavetas. Poderia ter se safado de várias maneiras. Poderia. Mas eles o arrastaram para fora com violência... e logo ele pode visar faixas amarelas cercando um corpo coberto de panos pretos no Hall. Não haviam pessoas. Não haviam alunos. Não haviam professores. Apenas a diretora. E policiais armados com pistolas e cassetetes.
Ele foi posto não dentro de um carro de policia, mas dentro de uma ambulância. Óbvio que a adrenalina e o efeito das drogas no momento o fez se contorcer e gritar como um animal selvagem; em vão.
Tate Langdon não estava mais na academia. E, pelo que afirmavam, não iria voltar tão cedo... mas eles sussurravam isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Dom Out 05, 2014 8:21 pm

+A dor não voltou a acordá-la. Nem Tate costurando sua perna, ou mesmo a perspectiva que ele podia abusar dela. Nem mesmo os gritos. Quando Melissa acordou, a noite caira. Ergueu o corpo, ainda zonza, tentando identificar onde estava. Aparentemente uma alma caridosa havia carregado-a até a enfermaria, mas não conseguia vê-la. Tate, talvez?
Não... Tate era agora um fugitivo. Ou ele fugira, ou prenderam-no em algum lugar. Isso a fez estremecer. Quer dizer, ele podia te-la matado, usado e descartado como bem quisesse, mas não o fez. Talvez ainda conseguisse mostrar gratidão.
Tentou apoiar a perna machucada no chão, sem sucesso... a dor subiu com uma pontada até a coxa e ela desistiu.+

-Ai... onde diabos foi parar aquele garoto?
+O minimo que podia fazer era agradecer... olhou em volta, a espera de alguém que pudesse ajudá-la a sair dali.+
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Timothy Riggins
Líder Jock
avatar

Mensagens : 234
Dollars : 236
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Bêbado em algum lugar.

Ficha do personagem
HP:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Dom Out 05, 2014 9:12 pm

- Hey, finalmente você acordou. - a voz veio com um suspiro, e não demorou para que Mel pudesse visar, aproximando-se da cama dela, um indivíduo que ela conhecia muito bem com um casaco do time escolar.

Ele apoiou as mãos numa cadeira ao lado de onde a garota estava, como se alguém tivesse ficado ali a tarde toda só a esperando acordar.

- Deite-se. As enfermeiras disseram que você não pode usar sua perna, não por enquanto, pelo menos. Está cheia de pontos. Disseram que não precisavam fazer mais nada, pois alguém tinha feito o procedimento bem melhor do que elas fariam.


Timothy soltou um suspiro.

- Tá falando do tal de 'Têiti'? Você gemeu o nome dele algumas vezes enquanto dormia. Não faço exatamente ideia de quem é...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Dom Out 05, 2014 9:42 pm

+Ela voltou seus olhos em direção a voz que falava e quase de imediato fez uma careta.+
-Olha só, quem está aqui... ficou preocupado, foi?
+Ela desistiu do tom de ironia ao sentir uma fisgada e recolher a perna novamente para cima da maca... agora podia ver os pontos... estava lastimável.+
-O senso estético de Tate é uma desgraça, mas aquele cara sabe fazer as coisas, afinal... sabe dele?
+O comentário de Riggins fez ela entreabrir os lábios, em protesto.+
-Eu não chamo o nome de ninguém enquanto durmo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Timothy Riggins
Líder Jock
avatar

Mensagens : 234
Dollars : 236
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Bêbado em algum lugar.

Ficha do personagem
HP:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Dom Out 05, 2014 10:02 pm

- Foi. Não devia?

Ele realmente não perdeu a chance de rebater a ironia dela, mas fora de uma forma suave.
Não estava afim de enchê-la enquanto estivesse com a perna impotente e dolorida.

- Talvez eu devesse ter gravado o que você dizia enquanto estava inconsciente aí. Algo como "Vadia velha", "Tate, não precisava disso" ou "não vou cheirar isso". Então você conhece esse cara?- ele fez um barulho com a boca que pareceu um suspiro forçado.- Já devia esperar. Não sei onde ele está... na verdade, não sei de nada. Ultimamente tenho falado com Arya e ela sempre parece meio ocupada, paranoica... e desde ontem ela simplesmente sumiu. E agora você aparece com um tiro na perna? Quê que tá pegando, cara?

Ele sentou-se na cadeira, fixando os olhos verdes em Mel.

- A história que estão dizendo por aí é que você iria atirar em Arya, mas ela conseguiu se autodefender e alguns jogadores do meu time viram ela sair chorando do hall... quando tentaram ir lá, os monitores o tinham cercado e não deixavam ninguém entrar. Disseram que você estava baleada no hall... e foi só. Estava cheio de policiais e uma ambulância lá nos portões da escola...

A expressão dele foi franzida, e ele realmente parecia preocupado.

- Sinceramente, eu não acredito nisso. Mas, Mel... que diabos você fez?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Dom Out 05, 2014 10:46 pm

-Não sei... as vezes me pergunto se você me adora ou me odeia...
+Estralou as costas e ouviu-o, em silêncio, logo batendo com violência a mão sobre o colchão.+
-Puta que pariu, é sério mesmo isso? Tá que eu não gosto de ninguém, mas tentar atirar na Arya? Por que eu faria isso? Essa gente babaca e suas linguas grandes demais. Mas eu acho...
+Ela se interrompeu, olhando para o teto+
-Que sei o que houve com a quatro-olhos. Eu pensei por um instante em fazer o mesmo.
Correr o máximo que conseguisse... mas eu não estava nessas condições... e ele acabou me ajudando no final.
+Mordeu o lábio inferior e encarou o garoto com uma expressão raivosa.+
-Eu não fiz nada, apenas tentei salvar uma pessoa, e parece que deu tudo errado a partir daí. Mas que diferença faz, sempre me envolvo com gente da pior espécie mesmo. Mas...
+Ela desceu os olhos para a perna e engoliu em seco.+
-Não é justo... depois do que aquele psicopata fez comigo...
+Era dificil saber se ela estava falando mal ou bem de Tate. Se tratando de mel, nunca dava para se saber.+
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Timothy Riggins
Líder Jock
avatar

Mensagens : 234
Dollars : 236
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Bêbado em algum lugar.

Ficha do personagem
HP:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Dom Out 05, 2014 11:33 pm

- Um pouco dos dois.- ele deu de ombros... e franziu o cenho com os dizeres dela.- Esses dias, Arya teve alguns problemas com a diretoria. Junto com um garoto... no meio da madrugada ela veio me pedir roupas emprestadas. Eu não entendi direito... não me importei tanto. Iria ficar de olho por causa que estava com ciúmes, mas quando eu me dei conta já tinha acontecido algo e os dois foram levados.

Ele jogou os cabelos para trás, a expressão um pouco mais confusa.

- Te trouxeram para cá, mas eu cheguei há pouco tempo, Mel. Havia outro alguém aqui, nessa cadeira. Não quiseram me dar detalhes... mas disseram que era uma velha loira ou algo assim...- ele se interrompeu, pigarreou, e disse com firmeza e pressa a seguir:- O que ele fez com você? E pra onde a Arya foi? Você precisa me contar o quanto antes, Mel. Eu não queria dizer isso agora, mas é alarmante.

Ele piscou, e juntou as mãos.

- Parece que estão querendo te entregar para a polícia...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Seg Out 06, 2014 10:36 am

-Fiquei sabendo disso... ahn, aquela quatro-olhos, não consegue ver ninguém sofrendo que já quer ajudar... acho que deve ter se arrependido... parece que sua amizade-colorida está tão chocada quanto eu mesma.
+Desviou os olhos para a cabeceira, mas as próximas palavras dele a fizeram estremecer.+
-Espere... não foi você? -ela engasgou com a descrição da mulher e se descabelou.-Não pode ser... não pode ser... ela teria terminado o trabalho, não? Por que faria algo assim?
+Controlou sua indignação e fitou-o novamente. Um suor gélido correu por suas costas.+
-Ahn, você não ficou sabendo... Tate matou dois monitores... aliás, três com o que tinha sido morto antes, pelo que me falaram. A mim, ele não fez nada... a puta da velha loira que, espero que não, estava me observando me deu um tiro, o que chamou a atenção desses corvos. Alguns ficaram para me culpar de sabe-se lá o que, e foram mortos... os outros dois foram atrás de Arya. O que aconteceu com ela e eles, não sei, mas só posso imaginar.
+Massageou a perna brevemente, sentindo mais dor, portanto desistiu completamente de mexer nela.+
-Ele voltou para tirar a maldita bala. Eu desmaiei de dor. Quando acordei, estava aqui. É tudo o que sei.
+Revirou os olhos e começou a rir.+
-Me prender sobre qual acusação, se o garoto já deve ter sido levado, sabe-se lá para onde? Duvido que ainda esteja aqui. Estive pensando na cadeia, mas ele parece ser de menor, então talvez tenha ido parar num sanatório.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Timothy Riggins
Líder Jock
avatar

Mensagens : 234
Dollars : 236
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Bêbado em algum lugar.

Ficha do personagem
HP:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Seg Out 06, 2014 12:17 pm

Ele não protestou quando ela usou "amizade-colorida" para se referir a Arya. Na verdade, estava mais focado no assunto... e preocupado com a nerd, e não em como Mel a chamava.

- Trabalho? Que trabalho? Você acha que pode conhecê-la?

Mas o que ela disse a seguir foi ainda mas alarmante para Tim. Jogando os cabelos para trás mais uma vez, ele ficou alguns segundos pensativo, antes de voltar a falar.

- Ótimo, temos um psicopata e uma velha armada na história? Droga cara, nada mais faz sentido. Eu preciso falar com Arya. Preciso muito. Não faço ideia de onde ela está, como está.

Ele estalou a língua em angústia.

- A ambulância que estava aqui ontem tinha algo como "Sanatório" escrito. Acho que era Sanatório Sta Agnes. Sabe onde isso é, Mel? Arya já me levou lá, e acredite, aquilo não melhora ninguém.

Os olhos dele focaram diretamente nela, e a expressão dele não poderia ser mais séria.

- Esse é o problema, Mel... ninguém falou nada sobre nenhum Tate. Está sendo como se ele tivesse sido excluído do assunto... antes de falar com você, eu pensei que só houvessem você e Arya na cena, mas pelo que diz, vejo que não. Mesmo assim, parece que estão tentando ocultá-lo da história. O motivo eu não consigo imaginar bem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Seg Out 06, 2014 12:53 pm

-Eu sei que ela atirou em mim, e que muito possivelmente está trabalhando para jogar a culpa de tudo em cima da marginal aqui.
+Tentou achar uma posição melhor para ficar, já que a perna incomodava em praticamente qualquer jeito que a deixa-se. Franziu o cenho+
-O que tanto espera? Não precisa perder seu tempo comigo, só levei um tiro. E ganhei traumas suficientes pra não dormir por um mês.
+Seus olhos se voltaram para a janela.+
-E quem você acha que eles vieram buscar? Arya é esperta demais pro meu gosto, e além do mais não iriam atrás dela. E eu sou uma marginal, mas não louca. Todos sabem... só resta o garoto novo. Aquele lugar é como um inferno, se ele já é desequilibrado agora, vai acabar virando um genocida. E não, eu nunca estive lá.
+Cruzou os braços, pressionando as mãos na própria pele, como se isso espantasse a incerteza que estava sentindo.+
-Eu lhe disse, não é? É tudo uma grande armação daquela velha, aposto. Até porque, se você procurar por Tate Langdon na internet, vai achar várias noticias afirmando que ele está morto. Você sabe muito bem que não minto, e não uso drogas, além do cigarro. Eu não estou alucinando...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Timothy Riggins
Líder Jock
avatar

Mensagens : 234
Dollars : 236
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Bêbado em algum lugar.

Ficha do personagem
HP:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Seg Out 06, 2014 1:10 pm

- Tá, mas que diabos essa velha pode ter a ver com o tal do garoto pra querer poupá-lo das coisas que ele mesmo fez?

Ele se levantou da cadeira, suspirando.

- Precisava ver você antes. Além de tudo, fiquei preocupado, mesmo sabendo que você é durona e blá blá blá, greasers.

Timothy escondeu as mãos no casaco, como se isso pudesse camuflar o suor que as encharcava. Ele não costumava demonstrar muitas emoções em expressões, mas seu corpo refletia bem. E seus olhos. Eles tinham um brilho estranho quando ela falou sobre Tate.

- Tate Langdon, é o nome dele? Meu irmão me contou uma vez... uma história... não foi ele quem matou quinze estudantes numa escola do lado leste da cidade? A Westfield? Quer dizer que estão forjando a morte dele pra que ele possa ficar andando por aí?

Ele passou uma das mãos pela testa... e visou Mel de esguelha.

- Acredito em você. Sabia que não podia ter dado o tiro em Arya... isso tudo estava e ainda tá muito estranho. Agora, preciso encontrá-la... e ter a certeza de que não foi parar no sanatório...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Seg Out 06, 2014 1:30 pm

-Ela é mãe dele.
+Disse como se aquilo fosse algo muito óbvio. Voltou a fitar o próprio colo, estreitando os olhos.+
-Obrigada... de toda forma... acho que ninguém mais viria.
+A não ser sua gangue, mas eles mal deveriam saber o que estava acontecendo. Melhor ainda. Não queria envolvê-los naquela confusão também. Ao voltar a fitá-lo, conseguiu ver a inquietação em seus gestos, mas preferiu ficar em silêncio sobre isso.+
-Foi isso que eu vi... mas realmente tem algo estranho nisso tudo. É muito... trabalho com um cara problemática como ele.
+Começou a roer a unha do polegar, sendo que ali não já não tinha unha quase nenhuma.+
-Acredite, o máximo que eu faria a ela seria queimá-la com um cigarro. Um tiro? Não mesmo. Fora que quem acabou levando um fui eu... Não tenho certeza de onde pode estar. SE me conseguir um par de muletas ou uma cadeira de rodas, ajudo a procurar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Timothy Riggins
Líder Jock
avatar

Mensagens : 234
Dollars : 236
Data de inscrição : 03/07/2014
Localização : Bêbado em algum lugar.

Ficha do personagem
HP:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Seg Out 06, 2014 7:17 pm

Ele pareceu surpreso quando ela disse, mas não disse nada. Preferiu guardar os pensamentos para si, focando-se nas palavras que ela disse depois:

- Não agradeça. Tudo bem.

Tim franziu o cenho para ela.

- Melissa Carter querendo ajudar? Acho que a bala afetou seu cérebro. Posso arrumar muletas, mas disseram que devia ficar e repousar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Carter
Aluno(a)
avatar

Mensagens : 219
Dollars : 221
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Aqui, seu estúpido... que pergunta idiota

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Tate's Room    Seg Out 06, 2014 7:57 pm

-Certo...
+Seus olhos percorreram todo o quarto e ela fez uma careta de desagrado profundo, enquanto balançava a cabeça de um lado para o outro.+
-Não quero ajudar porra nenhuma, só estou curiosa para saber a versão da história pela Quatro-olhos... talvez isso me ajude a pensar no que fazer. E Foda-se o que eles disseram! Ficar parada vai me enlouquecer. E não vou ficar aqui esperando enquanto tem gente querendo me prender lá fora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Tate's Room    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tate's Room
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» ✓[Ficha] Tate Langdon
» Batman: Arkham City
» [LOJA E GALERIA] Velvet Room
» MCGONAGALL, Cato
» AGES - Casos Sobrenaturais

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Bullworth Academy :: A parte externa da academia :: Dormitório Masculino-
Ir para: